PRACIÊNCIA

Porque ninguém nasce de bigode…

Novas pesquisas mostram relações entre antibióticos e alergias alimentares

Recentemente divulgamos aqui no Praciência que a exposição a ambientes extremamente limpos na infância pode aumentar a chance de desenvolvimento de doenças respiratórias. Indo nessa direção, esse último mês foi marcado pela divulgação de duas pesquisas importantes sobre a relação entre antibióticos e alergias alimentares.

O primeiro trabalho mostra que camundongos criados em ambientes estéreis ou que receberam antibióticos no início da vida não possuem uma bactéria intestinal importante (Clostridium) que parece prevenir alergias alimentares. Tanto os camundongos que receberam antibióticos quando recém-nascidos quanto os que nasceram e cresceram em ambientes estéreis tiveram um nível maior de reações alérgicas quando expostos à proteína de amendoim. A reposição da flora intestinal com Clostridium, já na idade adulta dos camundongos,  reverteu o quadro alérgico. As evidências de que o uso de antibióticos está relacionado ao desenvolvimento de alergias alimentares já vêm tomando forma há algum tempo. O número de casos de crianças com alergias em todo o mundo têm elevado-se anualmente, e os antibióticos, as condições muito estéreis e até mesmo o parto cesáreo podem ser os responsáveis por esse aumento. A pesquisa em questão é importante pois além de reforçar essa relação, aponta para a possibilidade de tratar os alérgicos com probióticos facilmente administrados por via oral.

O segundo trabalho é um relato de caso de uma criança canadense que sofreu um choque anafilático após ingerir uma torta de blueberries. A garota sofria de alergia ao leite e à penicilina, mas a torta não continha leite! Foi então que os pesquisadores, no maior estilo equipe Dr. House, tentaram entender de onde surgiu a séria crise alérgica. A resposta veio nas inocentes blueberries, que na verdade estavam contaminadas com estreptomicina, um antibiótico comumente usado em alguns países na agricultura. É claro que esse foi um caso extremamente raro, mas chama a atenção para um fato que pode acontecer com indivíduos alérgicos a determinados antibióticos. Alguns países da União Européia já aboliram o uso de antibióticos como pesticidas, mas os Estados Unidos, o Canadá e até mesmo o Brasil permitem essa prática!

Portanto, se você é alérgico, tem filhos alérgicos ou quer evitar que eles sejam, preste atenção a esses trabalhos e divulgue os novos achados!

Anúncios

Sobre Praciência

Praciência é um novo espaço virtual, informativo, informal, bem-humorado, democrático e interativo sobre o que é fazer ciência. É um espaço para cientistas e não-cientistas. Um espaço para todos compartilharem conhecimento. Porque ninguém nasce sabendo tudo! Ninguém nasce de bigode! E por que não fazermos isso, juntos e ainda com bom humor?

Comentários dos Pracientistas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 24 de junho de 2015 por em Fique por dentro e marcado , .

Navegação

TRANSLATION

VISITAS

  • 81,513

ONLINE

Feedly

follow us in feedly

Junte-se a 1.149 outros seguidores

OS MAIS LIDOS DA SEMANA

Atualizações Twitter