PRACIÊNCIA

Porque ninguém nasce de bigode…

Quer ser líder? Comece pela postura!

Sua postura pode fazer você sentir menos estresse e influenciar sua auto-estima? Leia mais aqui.

Você presta atenção na sua postura e como o seu corpo expressa suas emoções? Devo confessor que não fico analisando conscientemente esses “detalhes”. Mas, de uma maneira intuitiva, o cérebro codifica essa linguagem a todo instante nas relações interpessoais, formação de grupos e escolha de líderes.

file0001457567350

Um estudo publicado na revista PNAS no final de 2012 mostra que a liderança em humanos está associada a níveis hormonais de estresse baixo. Será que modulando os níveis de estresse é possível aumentar a sensação de controle e poder, natural dos líderes ? Um outro estudo joga luz a esta discussão. Conecta a postura corporal com a liberação de hormônios como testosterona e o cortisol e o aumento na sensação de poder.

O artigo do grupo da pesquisadora de Harvard, Amy Cuddy, publicado na revista Psycological Science (leia o PDF aqui) mostra que a postura corporal modifica rapidamente como você se sente. A palestra pode ser visualizada aqui, é uma das mais visualizadas das TED talks!

Segundo este estudo, bastam dois minutos em uma postura chamada de poder (como por exemplo: com as mãos nas cadeiras – estilo super-homem – ou sentado com as mãos na cabeça e os pés na mesa) e você aumenta seus níveis de testosterona e reduz os hormônios de estresse, o cortisol. O nível desses hormônios pode ser medido com amostras de saliva. Então, 42 participantes foram divididos em dois grupos, um que fazia a postura do poder e outro que fazia uma postura não-poderosa (a pessoa sentada, com olhos pra baixo, e as maos entrelaçadas). Os dois grupos tiveram a sua saliva colhida antes e depois do exercício de postura.

O efeito é imediato! Após vinte minutos do exercício de postura já é possível detectar mudanças nas respostas hormonais. Além disso, os participantes do grupo das posturas de super-homem relataram se sentir mais  poderosos ou mais em controle após os dois minutos de exercício, e também se arriscavam mais em testes psicológicos, comparados com o grupo de postura negativa.

Para praticantes de meditação, esse estudo é mais uma confirmação de que exercícios de relaxamento, respiração e postura aumentam o estado de paz interior.

O slogan da pesquisadora é fake it until you make it. A postura ajuda! Determinação, disciplina e dedicação também.

Anúncios

Sobre Patricia Garcez

Patrícia Pestana Garcez é formada em Ciências Biológicas – Mod Médica pela UFRJ. Mestre em Ciências Morfológicas – UFRJ. Fez doutorado sanduiche na Alemanha pela UFRJ. Faz pós-doutorado em Neurobiologia Molecular no NIMR-Mill Hill. Gosta da chuva de Londres, mas prefere o mar do Rio.

Comentários dos Pracientistas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 23 de julho de 2014 por em Fique por dentro e marcado .