PRACIÊNCIA

Porque ninguém nasce de bigode…

Bruce Alberts fala exclusivamente ao Praciência

Pintura de Bruce Alberts na Academia Nacional de Ciências (NAS, USA), por Jon Friedman

Pintura de Bruce Alberts na Academia Nacional de Ciências (NAS, USA), por Jon Friedman

O Dr. Bruce Alberts é um bioqúmico de destaque com grande compromisso com a divulgação científica (veja aqui um de seus artigos). Foi Editor-Chefe da revista científica Science (2009-2013) e também é professor emérito do Departamento de Bioquímica e Biofísica da Universidade da Califórnia, em San Francisco (EUA), para o qual voltou depois de cumprir dois mandatos de seis anos como presidente da Academia Nacional de Ciências (NAS, EUA).

“Sem a valorização da ciência, os líderes terão dificuldade em tomar boas decisões para a sociedade em longo prazo, ao invés de decisões convenientes em curto prazo, porém destrutivas no futuro.” 

O Dr. Alberts também é conhecido como um dos autores originais do livro internacionalmente conhecido Biologia Molecular da Célula, um livro de destaque no campo, agora em sua quarta edição. Amplamente reconhecido por seu trabalho nas áreas de bioquímica e biologia molecular, Alberts ganhou muitas honras e prêmios, incluindo 16 títulos honorários. Ele atualmente é membro dos conselhos consultivos de mais de 25 instituições sem fins lucrativos, incluindo a Fundação Gordon e Betty Moore.

Saiba mais sobre a biografia de Bruce Alberts aqui.

Bruce Alberts falou ao Praciência sobre a importância em se divulgar a ciência na sociedade e o desafio em perseverar na ciência diante das (muitas) falhas. Confira:

Praciência: Na sua opinião, qual é a importância da divulgação científica?

Bruce Alberts: A ciência não pode prosperar a menos que a sociedade em geral compreenda a natureza da ciência e aprecie seus julgamentos mais relevantes sobre o mundo. Por exemplo, o quão perigoso são vestígios de arsênico na água potável, e o que devemos fazer a respeito? Quão importante será desenvolver e empregar novas fontes de energia que não emitem gases de efeito estufa? Quais são as formas mais eficientes para melhorar a saúde materna e infantil no Brasil? Para uma nação responder a qualquer uma destas perguntas de forma eficaz, além de milhares de outras, depende da construção de relações de entendimento e confiança entre seus cientistas, cidadãos e políticos. Para este fim, os cientistas locais devem energicamente se conectar com seus concidadãos de muitas maneiras diferentes, interagindo com eles pessoalmente, bem como através dos meios de comunicação. Sem a valorização da ciência, os líderes terão dificuldade em tomar boas decisões para a sociedade em longo prazo, ao invés de decisões convenientes em curto prazo, porém destrutivas no futuro.  

O livro Biologia Molecular da Célula

O livro Biologia Molecular da Célula

Praciência: No nosso site nós sempre conversamos sobre como nos sentimos em relação à ciência, o grande entusiasmo que nos move adiante, mas também frustração e pressão. Você tem um conselho para os jovens pesquisadores sobre como lidar com a frustração científica diária, tais como falhas experimentais no laboratório?

Bruce Alberts: Um pesquisador deve sonhar alto, esforçando-se para fazer uma grande diferença em seu campo escolhido. É uma grande emoção quando, de repente resolve um mistério que acrescenta algo importante sobre o conhecimento do homem sobre o mundo. Mas um cientista não pode esperar que faça mais do que algumas dessas descobertas durante a sua carreira. Para qualquer pesquisador, é portanto fundamental  celebrar os muito mais freqüentes pequenos sucessos, tais como a obtenção de uma nova ferramenta experimental para o trabalho, ou a coleta de um bom conjunto de dados. É claro que também haverá muitas falhas. Todo mundo que está tentando algo novo deve esperar falhar de vez em quando. Mas é importante lembrar que aqueles que foram os mais bem sucedidos na ciência experimentaram muitas falhas, aprendendo com cada uma delas de modo a não cometer o mesmo tipo de erro novamente. A minha própria experiência nesse sentido foi resumida em breve conversa de vídeo , intitulado “A importância de aprender com a falha” .(Veja o vídeo aqui)

 

Anúncios

Sobre Praciência

Praciência é um novo espaço virtual, informativo, informal, bem-humorado, democrático e interativo sobre o que é fazer ciência. É um espaço para cientistas e não-cientistas. Um espaço para todos compartilharem conhecimento. Porque ninguém nasce sabendo tudo! Ninguém nasce de bigode! E por que não fazermos isso, juntos e ainda com bom humor?

Um comentário em “Bruce Alberts fala exclusivamente ao Praciência

  1. Pingback: Dez razões para um cientista fazer divulgação científica | PRACIÊNCIA

Comentários dos Pracientistas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s